domingo, 23 de novembro de 2014

Pra esquecer

Mudei de ideias: quando um dia eu morrer, quero que me esqueçam. Quero que as pessoas que amo voltem a respirar  alegria e a saúde, que deitem o cancro pela janela. Que me deitem pela janela a mim também, eu o meu nojento e abjecto cancro.
Quero voltar a ser a menina da avó Elisa, a que dormia debaixo do balcão da loja; a jovem que jogou basquete, onde fez amizades que ainda duram; a colega do Maciel que tinha um cabelo bonito e brilhante; a namorada do Júnior; a mãe da Joaninha... Boas recordações, sem doenças, sem médicos e hospitais, sem perucas e dores, sem o fim que ainda está para vir e que não deve ser bonito de se ver.

Por favor, esqueçam-me, esqueçam a Teresa doente, a que fez chorar uma criança de 5 anos ao aparecer em casa careca, a que teve de dizer à menina de 8 anos que tinha tirado uma mama, a que disse à mesma jovem de 11 anos que estava pior e que já havia pouca esperança para a vida das duas juntas. A que não tem feito mais do que arrastar a filha, a família e os amigos para um mundo medonho onde as pessoas sofrem e morrem, onde eles, sem estarem doentes, são também testemunhas e vítimas.

A vida continua. A vossa vida continua!!

.

4 comentários:

Maria João disse...

A nossa vida continua (se continuar) mais pobre. Muito mais pobre. Mesmo com a doença, o sofrimento, os médicos e os tratamentos, nós estamos muito muito muito melhor contigo. E, como dizes, a Joana já teve 5, 8, 11 anos. Valeu e valerá a pena cada ano que passe. Contigo.

Lina Querubim disse...

Mas foi por esse teu e meu desgraçado que nos conhecemos :)
Não te vou esquecer...beijinhos

Maria João disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maria João disse...

Nunca te vou esquecer, até porque mesmo que quisesse era impossível!!! A Teresa doente, é fácil esquecer porque são raras as vezes que está presente, aparece sempre uma Teresa bonita, amiga e cheia de conforto para dar.
ADORO TE! Obrigada, por tudo o que fizeste e tens feito por esta tua pobre irmã, que sem ti não saberia nem metade do que sabe, sisters forever!! <3